Le Portugal, Un Succès Dans Le Combat Contre La Pandemie De Covid-19?

À ce jour, le Portugal est abondamment présenté comme un succès dans le combat contre la pandémie de Covid-19. Je ne suis pas là pour contester cette idée mais plutôt pour expliquer, d’une part, ce qui a été fait et, d’autre part, quel est notre sentiment par rapport...

Finanças Públicas e Política Fiscal em tempos de COVID-19

O IDEFF e a Associação Fiscal Portuguesa organizam o webinar Finanças Públicas e Política Fiscal em tempos de COVID-19, hoje dia 25 de maio, entre as 17h e as 19h. A sessão será transmitida online em https://zoom.us/j/96706406016 Moderador: Sérgio Aníbal Oradores:...

Alerta EPF – Marubeni e a INCJ notificaram à Comissão a sua intenção de adquirir o controlo conjunto da AGS

A MARUBENI CORPORATION (Japão) e a INNOVATION NETWORK CORPORATION OF JAPAN (INCJ, Japão) notificaram à Comissão Europeia a sua intenção de adquirir o controlo conjunto da ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE SISTEMAS DE SALUBRIDADE, SA (Portugal).
Sexta-feira, 17 Janeiro 2014

A MARUBENI CORPORATION (Japão) e a INNOVATION NETWORK CORPORATION OF JAPAN (INCJ, Japão) notificaram à Comissão Europeia a sua intenção de adquirir o controlo conjunto da ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE SISTEMAS DE SALUBRIDADE, SA (Portugal).

A MARUBENI CORPORATION centra a sua atividade na comercialização de produtos a nível mundial em diversos setores, nomeadamente no setor da energia e relacionados, bem como em setores relacionados com infraestruturas.

Por sua vez, a INNOVATION NETWORK CORPORATION OF JAPAN presta serviços na área de apoio financeiro, tecnológico e de gestão às empresas, bem como em investimentos em energia verde, eletrónica, informática e biotecnologia e em setores com infraestruturas, como o abastecimento de água a nível mundial.

A ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE SISTEMAS DE SALUBRIDADE, SA é ativa na gestão, operação e manutenção de infraestruturas de água e de águas residuais em Portugal e no Brasil.

A Comissão Europeia procederá à análise desta operação de concentração com vista à sua autorização, autorização sob condições ou proibição.

Os terceiros interessados são convidados a apresentar as suas observações à Comissão Europeia até ao dia 27 de janeiro de 2014.

A Eduardo Paz Ferreira & Associados está, como sempre, ao dispor para prestar todo e qualquer esclarecimento adicional.