Escritório Nova Morada

Vinte anos depois de abrir em sociedade com o meu Mestre e amigo Professor António Sousa Franco a Sousa Franco Paz Ferreira e Associados, o núcleo central da minha sociedade e eu, apesar de republicano, transfere-se da Avenida Duque de Loulé para a Rua Duque de...

Eu Vim de Longe

Neste vídeo, Eduardo Paz Ferreira dá conta do percurso passado e aponta os caminhos do futuro e a importância do direito para a recuperação económica, fazendo uma síntese do trabalho do escritório.

Lutar contra as incertezas do futuro

É para mim uma grande honra colaborar com este número comemorativo dos cem anos do Correio dos Açores e é-o tanto mais, quanto se trata de albergar uma importante iniciativa cívica do jornal que visa auxiliar um debate fundamental sobreo modelo de sociedade e a forma...

Alerta EPF – Novas orientações sobre auxílios estatais a aeroportos e companhias aéreas

A Comissão Europeia adotou novas orientações sobre os termos em que os Estados membros podem apoiar aeroportos e companhias aéreas, de acordo com as regras da U.E. relativas a auxílios estatais.
Quinta-feira, 20 Fevereiro 2014

A Comissão Europeia adotou hoje novas orientações sobre os termos em que os Estados membros podem apoiar aeroportos e companhias aéreas, de acordo com as regras da U.E. relativas a auxílios estatais.

A notícia é divulgada no mesmo dia em que é conhecida a autorização de vários auxílios de Estado (ou a qualificação como não sendo um auxílio de Estado) a aeroportos na Alemanha, República Checa, Dinamarca e França, bem como a uma companhia aérea (Ryanair).

As diretrizes adotadas pretendem garantir boas ligações entre as regiões e a mobilidade dos cidadãos europeus, fazendo parte da estratégia da Comissão para a modernização dos auxílios estatais, a qual visa promover o crescimento do mercado interno.

O objetivo é alcançar uma indústria europeia de aviação bem sucedida e competitiva, que garanta uma concorrência leal, independentemente do modelo de negócio praticado, focada no objetivo de assegurar a mobilidade dos cidadãos, preservando a igualdade de condições entre os aeroportos e as companhias aéreas.

Estas novas orientações promovem o uso racional dos recursos públicos em iniciativas orientadas para o crescimento, limitando, ao mesmo tempo, as distorções de concorrência que possam prejudicar a igualdade de condições no mercado único.

A Eduardo Paz Ferreira & Associados está, como sempre, ao dispor para prestar todo e qualquer esclarecimento adicional.