Escritório Nova Morada

Vinte anos depois de abrir em sociedade com o meu Mestre e amigo Professor António Sousa Franco a Sousa Franco Paz Ferreira e Associados, o núcleo central da minha sociedade e eu, apesar de republicano, transfere-se da Avenida Duque de Loulé para a Rua Duque de...

Eu Vim de Longe

Neste vídeo, Eduardo Paz Ferreira dá conta do percurso passado e aponta os caminhos do futuro e a importância do direito para a recuperação económica, fazendo uma síntese do trabalho do escritório.

Lutar contra as incertezas do futuro

É para mim uma grande honra colaborar com este número comemorativo dos cem anos do Correio dos Açores e é-o tanto mais, quanto se trata de albergar uma importante iniciativa cívica do jornal que visa auxiliar um debate fundamental sobreo modelo de sociedade e a forma...

Trump deverá erguer mais um muro na fiscalidade

Em matéria fiscal, “os EUA sempre tiveram um fio condutor nacionalista. Como o têm, de resto, os franceses e os espanhóis. Nisso, são sempre coerentes, independentemente do governo.” O diagnóstico é de Clotilde Celorico Palma e foi citado num artigo recente publicado no Jornal de Negócios.
Domingo, 5 Março 2017

Em matéria fiscal, “os EUA sempre tiveram um fio condutor nacionalista. Como o têm, de resto, os franceses e os espanhóis. Nisso, são sempre coerentes, independentemente do governo.” O diagnóstico é de Clotilde Celorico Palma e foi citado num artigo recente publicado no Jornal de Negócios.

Segundo o texto, será na radicalidade do grau de nacionalismo e no liberalismo mais destemperado que poderão residir os problemas potenciais de Donald Trump para a política fiscal internacional.

Clotilde Celorico Palma integra, desde 1998, a delegação portuguesa no Fórum da OCDE para as Práticas da Concorrência Fiscal Prejudicial.

Pode ler o artigo completo do Negócios através deste link.